Perdão - Fonte da Vida

Seja o primeiro a comentar

  Perdão

                                                                                        

“… e perdoa a nossas dívidas assim como nós perdoamos aos nossos devedores.” (Mat. 6:12)

Realmente isso não é fácil! Porém, é a única maneira de um relacionamento quebrado ser restaurado.

Perdão nunca pode estar baseado nos sentimentos, mas na consciência do perdão de Deus para conosco e na ação sobrenatural do Espírito Santo em nós. Precisamos nos lembrar de orar para que o Espírito Santo nos capacite para perdoar. Motivos sempre irão existir. Pequenas ou grandes ofensas sempre cruzam o nosso caminho.

Se você for esperar que a pessoa que lhe ofendeu peça perdão “humildemente” e reconheça que errou, você ainda vai ficar com um “gosto” amargo na garganta por muito tempo, ou talvez a vida toda.

A falta de perdão funciona como se você tomasse um veneno todos os dias e esperasse que os efeitos nocivos do veneno aparecessem em quem lhe ofendeu. Não tome esse veneno. Recuse-se a fazer o “jogo” do diabo.

Tome posição hoje mesmo pedindo, em oração, perdão a Deus pela sua amargura e declarando:

Senhor Jesus, eu declaro que perdôo______________________________________________
(Acrescente um nome) apesar da minha dor e  do meu sofrimento. Declarando que não o prenderei mais no meu coração. Lava a minha alma e a minha mente dessa recordação.

É só isso? Infelizmente não. Perdoar é um processo que requer perseverança e determinação da nossa parte. Mas, esse é o primeiro passo.  O Espírito Santo de Deus lhe ajudará a dar os outros passos e a continuar perseverando nesse propósito. Por fim você perceberá que está livre e sua alma curada dessa dor e sofrimento.

 

“Porque se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará. Se, porém, não perdoardes aos homens [as suas ofensas], tampouco vosso Pai vos perdoará as vossas ofensas.”
Mateus 6: 14 e 15

“E quando estiveram orando, se tiveram alguma coisa contra alguém, perdoem-no, para que também o Pai celestial lhes perdoe os seus pecados.”
Marcos 11: 25 NVI

“Não julguem e vocês não serão julgados. Não condenem e vocês não serão condenados. Perdoem e vocês serão perdoados. Dêem e lhes será dado: boa medida, recalcada, sacudida e transbordante será dada a vocês. Pois à medida que usarem será usado para medir vocês.”
Lucas 6: 37 e 38 NVI

Que Deus o abençoe!!!

Bpª Rúbia de Sousa

“Texto extraído do livro: Diário junto à Fonte”

Os comentários estão desativados.